18 de Novembro de 2017

Interno    Sex, 30/06/2017

Secretaria da Cultura, Juventude e Desporto


Chefe do Departamento
Mengele F. Wermeier Dal Ponte

Endereço
Rua Ângelo Emílio Grando, 210, Centro
CEP: 99770-000 - Aratiba-RS

Telefones
54 3376 1820/ 1114

E-mail

mengeledal@hotmail.com

Horários de atendimento
08h às 11h30 - 13h às 17h (Segunda à Sexta)

Competências:

I – o planejamento, proposição, coordenação e a execução de atividades voltadas à cultura, juventude e desporto,  visando o desenvolvimento destes setores;

II – a  realização de eventos culturais, como shows, concursos, festivais,  e outras promoções ligadas à cultura, propiciando à participação de todo o povo aratibense.

III – a execução de estudos e a viabilização de projetos culturais e turísticos que tenham  como finalidade a promoção  econômica do município;

IV – o incentivo,  orientação e formação do público envolvido com a cultura e o  turismo;

V – efetuar contratos  e atrair novos investimentos para o turismo no município, através de adequadas políticas de incentivo a este setor;

VI – a organização e execução de planos, programas e eventos, em conjunto com outras  Secretarias que tenham por objetivo incentivar o turismo e a cultura  no Município;

VII – a proporção de projetos de investimentos, que busquem valorizar e explorar o potencial turístico do Município, em benefício da economia local;

VIII – dotar o Município de condições técnicas e organizacionais para promover o desenvolvimento da atividade turística;

IX – descentralizar as ações de planejamento turístico, de forma a capacitar as comunidades, especialmente as que margeiam o lago da UHI, para elaborarem seus planos de desenvolvimento;

X – conscientizar a sociedade aratibense para a importância do turismo como instrumento de crescimento econômico e de preservação de seu patrimônio natural e cultural;

XI – prover meios para um turismo sustentável, visando o cumprimento irrestrito da legislação ambiental;

XII – promover cursos de turismo para formar profissionais com visão interdisciplinar para atuarem no planejamento turístico;

XIII – participar das atividades dos Conselhos de Turismo Regional e da Associação dos Municípios Lindeiros à Barragem Ita (AMULBI);

XIV – a organização e administração dos serviços municipais de feiras livres, feira do produtor e demais formas de exposição e venda de produtos, em conjunto com a Secretaria Municipal da Agricultura;

XV - coordenar as atividades do Departamento de Esportes Amador, visando a promoção das práticas desportivas e de integração;

XVI - promover e coordenar a realização de campeonatos  nas diversas modalidades esportivas,  a nível distrital, municipal, intermunicipal e regional;

XVII - incentivar a participação de equipes e atletas do município em competições  esportivas municipais,  regionais  e  estaduais;

XVIII - coordenar as atividades relacionadas com as Escolas Esportivas de Base,  promovendo  práticas desportivas formais e não formais, incentivando, prioritariamente, o desporto educacional;

XXIV – responsabilizar-se pela frota de veículos e equipamentos designados à Secretaria.

XXV – Outras competências afins.

Fica criado o Departamento da Juventude, vinculado à Secretaria da Cultura, Juventude e  Desporto, ao qual compete:

I – a formulação de políticas e a proposição de diretrizes ao Governo do Município  voltadas a juventude;

II – a coordenação da implementação das ações voltadas para o atendimento aos jovens;

III – a formulação e a execução, direta ou indiretamente em parceria com entidades públicas e privadas, de programas, projetos e atividades para jovens;

IV – o apoio a iniciativas da sociedade civil destinadas a fortalecer a auto-organização dos jovens;

 V – promover e incentivar intercâmbios e entendimentos com organizações e instituições afins, de caráter nacional ou internacional;

VI – promover o desenvolvimento de estudos, debates e pesquisas sobre a vida e a realidade da juventude;

 VII – conscientizar os diversos setores da sociedade sobre a realidade da juventude, os problemas que enfrenta, suas necessidades e potencialidades;

VIII – promover campanhas de conscientização e programas educativos junto a Instituições de ensino e pesquisa, veículos de comunicação e outras entidades sobre problemas, necessidades, direitos e deveres dos jovens;

IX – promover cursos visando a formação de jovens líderes.