21 de Junho de 2018

Notícias : Economia    Qua, 06/06/2018

Administração Municipal fez levantamento das perdas em decorrência das paralisações

Produtores de leite do Município descartaram aproximadamente 500 mil litros de leite nos 10 dias de paralisação.


Ok4 min

A Administração Municipal de Aratiba preocupara com as perdas da cadeia produtiva do Leite, Suínos e Aves, em decorrência da greve dos Caminhoneiros,  promoveu encontro na manhã desta segunda-feira (04) com  técnicos da Secretaria da Agricultura, Sutraf Aratiba,  bancos e Cooperativas de crédito, EMATER, Conselho Municipal da Agricultura e cooperativas de produção ligadas ao setor primário. Segundo levantamento da EMATER, os produtores de leite do Município descartaram aproximadamente 500 mil litros de leite nos 10 dias de paralização.

Guilherme Eugênio Granzotto, Prefeito Municipal  Informou que o Poder Público Municipal, pretende auxiliar os produtores de leite. Para tanto, esta se fazendo um levantamento junto as empresas  que recolhem o  produto no Município,  identificando cada produtor e sua produção média dos últimos três meses. “ Iremos fazer o levantamento, termos dados concretos de quanto cada um perdeu e após isso iremos definir através de lei o repasse de recursos e o incentivo dado a cadeia produtiva. O Município de Aratiba projeta investir em torno de R$ 100.000,00 (cem mil reais) para minimizar as perdas na cadeia do leite .” resumiu Granzotto.

Os recursos serão pagos, após o levantamento de dados, mediante comprovação por nota fiscal que o recurso foi gasto no comércio local. “ Queremos que este recurso passe pela mão do produtor de leite e chegue ao nosso comércio.”  Ponderou o prefeito  Granzotto.