22 de Março de 2019

Notícias : Geral    Sex, 08/03/2019

Aratiba comemora o Dia Internacional da Mulher

Mais de mil mulheres participaram do evento que discutiu a violência contra a mulher.


Dsc 0213

As comemorações começaram na quinta- feira (07) com a apresentação do filme “Arpilleras”, que relatou a história da violação dos direitos, luta e resistência de cinco mulheres de várias regiões do país atingidas por barragens.

Na tarde de hoje (08), as mulheres participaram de uma palestra que abordou o tema da violência contra a mulher.

A Presidente da Associação Comunitária Hospitalar de Aratiba, Neusa Munaro Apell, falou da importância da organização das mulheres. “ Hoje é um dia histórico para todas nós mulheres. Porque conseguimos ao longo da história, com muita luta e organização muitas conquistas, o direito ao voto, da aposentadoria, licença maternidade entre outras. Aqui em nossa região, eu juntamente com outra companheiras participamos de muitas mobilização para conseguirmos esses diretos, que hoje são fundamentais para nós mulheres”, contou.

O prefeito de Aratiba, Guilherme Granzotto acompanhou o evento e disse que as mulheres têm um papel fundamental na sociedade. “Em nossa administração as mulheres cumprem um papel bastante importante. De nove secretárias, cinco são coordenadas por mulheres. E a nossa maior secretaria que é a da Saúde, é comandada pela secretária mulher mais jovem do Estado”, ressaltou, referindo-se à secretária Débora Cenci.

A coordenadora do movimento estadual Eles por Elas, deflagrado pela ONU, Karen Lose, elogiou a iniciativa do governo e das entidades de Aratiba. “E preciso falar sobre as questões de violência contra a mulher, sobre o retrocesso que as políticas públicas estão sofrendo, isso preocupa todas as mulheres que estão aqui”.  Ela destacou que no Brasil e no mundo muitas mulheres são vítimas de violência. “Em Aratiba não é diferente, por isso, precisamos falar do assunto e saber que temos um canal para denunciar a violência, que é o numero 180, um numero gratuito para o qual qualquer pessoa pode ligar para fazer uma denuncia ou pedir ajuda”.

O evento foi organizado pela Administração Municipal de Aratiba, Sufrat, ACHA, Cresol, Copaal, Emater, MAB e Cetap.