19 de Novembro de 2017

Notícias : Geral    Seg, 30/10/2017

Aratiba se prepara para receber projeto que irá revelar suas potencialidades turísticas

O Grupo Eco&Eco é o responsável pelo diagnóstico que irá apontar possíveis projetos para alavancar o turismo no município gaúcho


Aratiba1 min %281%29

A cidade de Aratiba, localizada no norte do Rio Grande do Sul, vai receber um diagnóstico de desenvolvimento turístico com o objetivo de conhecer e revelar a potencialidade turística do município com foco na sustentabilidade econômica, social, cultural e ambiental com estratégias para alavancar os setores como agricultura, comércio e industrial.
 

A empresa contratada para ação será o Grupo Eco&Eco, com mais de 18 anos de mercado e 146 projetos realizados em todas as regiões do país. Entre os cases de sucesso está a cidade de Itá, no oeste de Santa Catarina, que além de diagnosticar e planejar o desenvolvimento sustentável, o Grupo também participa da execução que já soma mais de 12 projetos ativos no local.
 

Aratiba, que fica localizada na região do alto Uruguai, é rica em belezas naturais, culturais, agrícolas, gastronômicas e proporciona aos visitantes atrativos como eventos, roteiros e trocas de experiências inovadoras, marcantes e diferenciadas. Com o diagnóstico, projetos irão surgir para aproveitar o que a cidade já tem de melhor e também inovar com outros inéditos no município, tendo como proposta atrair turistas e com isso levar Aratiba não só ao reconhecimento, mas também desenvolvimento para a população que poderá explorar a possibilidade para prosperidade econômica.
 

“O diagnóstico será para identificar todos os produtos e atrativos turísticos públicos e privados do município, sendo que já enxergamos grande potencial para turismo náutico, rural, gastronômico e de aventura”, comenta Wilson Miguel, diretor do Grupo Eco&Eco.

 

Um dos possíveis destaques será o turismo rural, que já é um dos fortes na região. Um dos projetos desenvolvidos pelo Grupo Eco&Eco é o ‘Colha e Pague’, um sistema em que em que o turista entra na propriedade rural e tem o direito de andar na plantação, colher e comer a fruta no pé, sendo que paga só o que levar para casa. O dono da plantação cobra a entrada no local e isso faz com que o lucro do negócio aumente por evitar desperdício de alimentos que não são colhidos para venda.

 

“Esperamos proporcionar a integração de todos os setores através do turismo sustentável e criar um novo viés de receita para a população e para o município”, explica o prefeito da cidade Guilherme Granzotto.

 

Outro projeto que será criado, seguindo a metodologia desenvolvida e aplicada pela empresa, será a criação do GETTA (Grupo de Estudos e Trabalhos Turísticos de Aratiba), em que reunirá o poder público, empresários, representantes do trade e da sociedade interessados no desenvolvimento do turismo, com reuniões quinzenais para estudar, discutir e acompanhar os trabalhos da equipe técnica, e com isso apresentar propostas e ações para contribuir no processo. “A formação do grupo é fundamental para integração da sociedade no projeto. Esse é o grande legado que deixamos, pois as consultorias vão embora, os mandatos públicos passam mas as pessoas ficam, e com elas grandes prosperidades para o local”, complementa Wilson Miguel.

 

O diagnóstico tem um prazo de aproximadamente 120 dias para ser feito. Para essa etapa além de estudos e levantamento dos atrativos públicos serão realizadas visitas técnicas nas propriedades privadas que queiram também identificar o seu potencial turístico. “O objetivo é fazer com que a iniciativa privada tenha uma assessoria técnica para desenvolver seus produtos turísticos de maneira sustentável”, explica Everaldo Dallazen, Secretário de Administração.

 

A empresa fica aberta para os donos de propriedades em Aratiba interessados em receber uma visita técnica, para mais informações o Grupo fica disponível pelo e-mail atendimentogrupoeco@gmail.com

    

Grupo Eco&Eco

O Grupo Eco&Eco ajuda gestores públicos e privados a aumentarem seus rendimentos através de soluções inovadoras e sustentáveis.  É formado pela união entre empresas comprometidas com a sustentabilidade.

As ações do grupo englobam planejamento estratégico para municípios e outras empresas, análise de viabilidade de projetos, assessoria e consultoria, elaboração de projetos e gerenciamento de obras não convencionais. Com investidores nacionais e internacionais, há no grupo empresas consolidadas com mais de 18 anos e líderes de mercado, assim como startups com grande potencial de crescimento. Entre as práticas e os compromissos firmados pelo Grupo Eco&Eco, um dos destaques é desenvolvimento do turismo sustentável como formas responsáveis de ecoturismo e respeito ao meio ambiente em parceria com as comunidades envolvidas.

 

"Desde a criação do grupo Eco & Eco fomos pioneiros no desenvolvimento de projetos inovadores e sustentáveis. O projeto do Funicular reúne esses elementos e proporcionou o desafio de fazer o inédito. O que nos permitiu a aplicação de novas tecnologias e trouxe o aprendizado e a evolução”, conta Wilson Miguel, diretor da empresa.

 

Aratiba

O município de Aratiba está localizado ao Norte do Rio Grande do Sul, há 420 km de distância de Porto Alegre, sendo um dos municípios da Região Alto Uruguai. A cidade tem cerca de 7 mil habitantes, sendo a grande maioria descendentes de Alemães e Italianos.
O relevo as margens do lago, a cultura, a gastronomias e as propriedades rurais modelos  fazem de Aratiba uma cidade de destaque na região.
 

Mídias Sociais do Grupo Eco&Eco:

Site: http://www.grupoecoeco.com.br/

Facebook: https://www.facebook.com/Grupo-Eco-Eco-868473039866999/?fref=ts

 

Contato para pautas:

Vira Comunicação

Jornalistas

 Izabela Reame - Guilherme Pichonelli -