12 de Dezembro de 2018

Notícias : Educação    Qua, 08/08/2018

Oficina de Xadrez traz para a prática a habilidade do autoconhecimento e da organização mental.

Oficina foi promovida pela Secretaria Municipal de Educação de Aratiba em Parceria com o Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) Pólo de Erechim


Whatsapp image 2018 08 07 at 17.15.17 min

Promovido pela Secretaria Municipal de Educação de Aratiba em Parceria com o Instituto Federal do Rio Grande do Sul (IFRS) Pólo de Erechim, aconteceu oficina de Xadrez para Professores dos anos Iniciais do Ensino Fundamental, Professores de Educação Física e de Matemática, das Redes Municipais e Estaduais de Aratiba.

Com aulas práticas, dinâmicas e envolvendo os Profissionais da Educação, os Professores Antônio Cézar dos Santos Esperança e Eduardo Angonese Predebom, Diretor do IFRS - Campus Erechim, puderam na manhã de ontem (07) reforçar na prática as regras de funcionamento e jogo, conhecimentos, estratégias e curiosidades que foram surgindo, reforçando os conhecimentos já obtidos em formação anterior, no ano de 2017.

A parceria entre o Instituto Federal do Rio Grande do Sul e a Secretaria Municipal de Educação já oportunizou formações relevantes para nossos profissionais que atuam na área da Educação: Xadrez (teórico e prático), e formação para profissionais da limpeza e merenda das escolas.

Todo investimento feito nos Profissionais que na Escola realizam sua missão de cuidar, educar e formar tem relevância e o diferencial da Formação Humana e voltada para o autoconhecimento e a emancipação de nossos estudantes.

O Xadrez desenvolve habilidades e a organização mental, o autoconhecimento, noções de limites, autocontrole  e perseverança, construção do indivíduo, memória, concentração, planejamento e tomadas de decisões.

O xadrez é considerado como um excelente suporte pedagógico visto que se relaciona com diversas disciplinas, interdisciplinar: Matemática; Artes; História; Geografia, além da Ética, etc.
Na Matemática explora-se inicialmente o tabuleiro e a movimentação das peças associadas com a Geometria e suas dimensões.

Nas Artes, exploram-se as formas das peças através do uso da argila, pintura, técnicas com materiais recicláveis.

Na História, pode ser trabalhada a questão da origem do xadrez, a cultura dos seus povos e a relação entre aspectos sociais e políticos.
Na Geografia, pode ser abordada a localização onde o jogo de xadrez era praticado.
E finalizando, quando se faz referência à Ética, seria quanto à importância das regras e o respeito que deve existir para com o parceiro de jogo.

A proposta pedagógica de inserir o jogo de xadrez no processo de ensino-aprendizagem visa preparar o aluno para que seja capaz de tomar decisões em situações que exigem o raciocínio rápido, e em busca de formar cidadãos íntegros através de uma atividade lúdica.

É de fundamental importância que os professores transmitam aos seus alunos os objetivos de trabalhar com o jogo de xadrez no ambiente escolar.


Disponível em: https://mundoeducacao.bol.uol.com.br/educacao/o-jogo-xadrez-no-processo-ensinoaprendizagem.htm Acesso em: 07 ago. 2018