12 de Dezembro de 2018

Notícias : Geral    Qua, 10/10/2018

Prefeitura apresenta “Projeto Conecta Aratiba” nas comunidades do interior.

Iniciaram nesta terça-feira (09) visitas as comunidades do Interior do Município para a apresentação do Projeto Conecta Aratiba que leva sinal de internet em fibra óptica aos agricultores em suas propriedades rurais.


F0274ebe 093b 4c8c a2b7 f98134ce35cd

As primeiras famílias estão sendo visitadas por representantes do Poder Público Municipal, SUTRAF e  CRERAL e o roteiro iniciou na comunidade de Linha Sarandi.

A iniciativa visa levar informações sobre o projeto, a forma de adesão, os meios de aquisição e as vantagens que a tecnologia traz ao meio rural. Estima-se que o Projeto tem um  investimento total  de R$ 2 milhões, para que a Internet Fibra Óptica chegue ao interior de nosso município. O Poder Público Municipal em ações e parcerias viabilizou que os moradores  tenham  em suas comunidades e a seu dispor pontos gratuitos  de acesso às redes wi-fi, diminuindo assim o custo de implantação e as despesas para aquisição pelos moradores.

O Projeto também viabiliza que todos tenham valores iguais de investimento para aderirem ao mesmo, tendo que independentemente da distância, a tecnologia chegue em todas as casas. Com o investimento do Poder Público Municipal a Fibra Óptica chega com menores custos às propriedades rurais.

Aratiba é o primeiro município brasileiro a levar fibra óptica para o meio rural. A tecnologia está sendo instalada em 39 comunidades do município que passarão a ter sinal aberto de internet gratuito por dez anos.  Cem quilômetros de cabos de fibra óptica que estão sendo instalados. Com isso, quem mora no meio rural terá a mesma tecnologia de transmissão de dados usada em qualquer grande cidade do Brasil. “É o fim do isolamento. É a ligação do agricultor com o mundo”, comemora o vice-prefeito, Izelso Zin, que faz parte do grupo que está visitando as famílias.

As visistas estarão acontecendo no interior de nosso município e visam atender e esclarecer as dúvidas de todos os munícipes frente ao projeto e ao acesso à tecnologia no meio rural, e serão agendadas com as comunidades e moradores.